"Ontem chorei, vi nos olhos de uma criança, um olhar sem amanhã."

* Mostrar a realidade

A minha intenção ao colocar estas postagens é de mostrar todos os problemas que envolvem as crianças abandonadas.
Tanto os problemas relacionados ao abandono, como também os traumas, as mentiras, os preconceitos. O que envolve os pais que abandonam, os pais que adotam e os filhos adotivos.
Quando se toma uma decisão de adotar é uma responsabilidade muito grande,pois se trata de um ser humano, e as marcas e recordações ficaram pra vida toda.

Pesquisar este blog

Loading...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

* O amor sem laço

O tempo passa e der repente nos damos conta que envelhecemos, que nossos bebes cresceram se fizeram homens e mulheres. Nossas mãos em despedida... O tempo passa... Queria tanto poder te-los em meus braços, coduzi-los em seus caminhos, mas já não sou mais farol, talvez apenas um porto onde ancorar para descarregar as mágoas da vida. O amor não tem laços. Apenas amamos, somos, queremos. O amor não tem laço é apenas amor, aqui  no agora te-los em meus braços, aconchegar teus sonhos, apenas abraça-los, mas não sou mais aconchego, talvez apenas lembranças de uma infancia que se foi. E agora, o que fazer sem seus braços?



Anonimo

3 comentários:

  1. Eu diria que amor seja um laço sim, mas não um que nos impeça de viver a nossa felicidade particular...

    Fique com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. O amor é um laço que se desfaz, impediria de vivermos se fosse nó.

    ResponderExcluir
  3. Sim, mas se o amor tive um nó em cada ponta prendendo com quem a gente ama, bem como extensão que ligue os nós que prendem os amantes, ai vai ser um nó, nisto que eu pensei...

    Fique com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir