"Ontem chorei, vi nos olhos de uma criança, um olhar sem amanhã."

* Mostrar a realidade

A minha intenção ao colocar estas postagens é de mostrar todos os problemas que envolvem as crianças abandonadas.
Tanto os problemas relacionados ao abandono, como também os traumas, as mentiras, os preconceitos. O que envolve os pais que abandonam, os pais que adotam e os filhos adotivos.
Quando se toma uma decisão de adotar é uma responsabilidade muito grande,pois se trata de um ser humano, e as marcas e recordações ficaram pra vida toda.

Pesquisar este blog

Loading...

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Mãe é suspeita de abandonar os filhos em condições subumanas na zona sul de São Paulo

Crianças de 2 e 5 anos foram achadas sozinhas dentro de um cortiço de três andares


Um menino de dois anos e uma menina de cinco, abandonados pela mãe, foram encontrados sozinhos em um cômodo sujo, localizado na favela de Heliópolis, zona sul de São Paulo, dentro de um cortiço de três andares


Em um quarto sujo, uma mãe deixava seus filhos, um menino de dois e uma menina de cinco, sozinhos. Ambos foram encontrados pela polícia, na noite da segunda-feira (7), em um cômodo localizado na favela de Heliópolis, zona sul de São Paulo, dentro de um cortiço de três andares. A denúncia anônima recebida pela Polícia Militar informava que o abandono já durava dois dias. O Conselho Tutelar encaminhou as crianças para um abrigo.

Ao chegarem à casa, os policiais militares tiveram a ajuda de vizinhos para abrir a porta da morada de um quarto, cozinha e banheiro. As crianças dormiam em um colchão jogado no chão, segundo o soldado Reginaldo Ferreira, do 46º Batalhão.

— As crianças estavam com fome e sujas [...] Tivemos que dar banho nelas na casa de um vizinho, pois ali não havia condições.



Após aproximadamente uma hora da chegada da PM, a mãe apareceu. A mulher, de 26 anos, alegou que havia saído para trabalhar em um "bico", e que precisava do dinheiro para comprar comida para as crianças. Sobre a insalubridade da moradia, disse que estava deprimida por não ter quem a ajudasse e por isso não teria ânimo para limpar a casa. O pai, segundo ela, está preso.


A mãe será encaminhada para uma assistente social e para recuperar a guarda das crianças terá que comprovar que possui condições de cuidar delas. Enquanto isso elas ficarão em um abrigo.



O caso foi registrado como abandono de incapaz no 16º Distrito Policial.



Nenhum comentário:

Postar um comentário