"Ontem chorei, vi nos olhos de uma criança, um olhar sem amanhã."

* Mostrar a realidade

A minha intenção ao colocar estas postagens é de mostrar todos os problemas que envolvem as crianças abandonadas.
Tanto os problemas relacionados ao abandono, como também os traumas, as mentiras, os preconceitos. O que envolve os pais que abandonam, os pais que adotam e os filhos adotivos.
Quando se toma uma decisão de adotar é uma responsabilidade muito grande,pois se trata de um ser humano, e as marcas e recordações ficaram pra vida toda.

Pesquisar este blog

Loading...

sexta-feira, 28 de maio de 2010

* Mãe de bebe abandonado quer filho de volta.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010 - 08h50
Mãe de bebê abandonado em Portão quer o filho de volta
Em depoimento à polícia, a mulher de 28 anos afirmou que está arrependida.
- A mãe do bebê abandonado na noite de segunda-feira em um terrno baldio em Portão diz estar arrependida. No final da tarde de ontem, ela se apresentou na delegacia de Portão. A mulher, de 28 anos, chegou acompanhada por uma irmã e uma prima. Ela mora no bairro Scharlau, em São Leopoldo, é viúva e tem um filho de oito anos. A mulher e a família se recusaram a falar com a reportagem. Segundo o escrivão da Delegacia de Portão Cloister Castro, para quem a mulher prestou informações, ela estaria arrependida e quer o filho de volta.

"Ela disse que ficou felicíssima com o nascimento da criança", conta Castro. Porém, ela teria omitido a gravidez da família e até do pai da criança. Ainda conforme Castro, a mulher não sabia dizer por que havia abandonado o filho. Segundo o relato, ela teria dado à luz no Hospital Centenário, em São Leopoldo, à 0h40 do dia 9. O Hospital, porém, não confirma a informação. O destino do bebê será definido pela promotoria de Infância e Juventude para onde a polícia encaminhará o caso, segundo o chefe da investigação da Delegacia de Portão, Jorge Ayres.

5 comentários:

  1. Pessoal louco, ser mãe não é algo para decidir ter e voltar atrás ao abandonar o filho...

    Fique com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. O pior nao é ela abandonar,o pior é quem entregar essa criança para essa mulher de novo...

    ResponderExcluir
  3. olá Solange,encontrei seu blog por um acaso e fiquei encantada. gostaria d ter um contato com vc,pq tbém criei um blog filhosadotivos e nele vou falar do lado psicologico e divulgar meu livro ADOÇÃO DE AMOR:EU VIVI!.
    anagomes1308@hotmail.com, ti aguardo.

    ResponderExcluir
  4. fui uma criança abandonada e hje sou uma mulher com tda a experiencia d quem passou por tdos os traumas d ser abandonado causa em uma criança.gostaria muito d falar com vc, me chamo Ana Lucia. anagomes1308@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Eu sou casada e queria muito odotar uma criança pois eu nao poso ter filhos!

    ResponderExcluir