"Ontem chorei, vi nos olhos de uma criança, um olhar sem amanhã."

* Mostrar a realidade

A minha intenção ao colocar estas postagens é de mostrar todos os problemas que envolvem as crianças abandonadas.
Tanto os problemas relacionados ao abandono, como também os traumas, as mentiras, os preconceitos. O que envolve os pais que abandonam, os pais que adotam e os filhos adotivos.
Quando se toma uma decisão de adotar é uma responsabilidade muito grande,pois se trata de um ser humano, e as marcas e recordações ficaram pra vida toda.

Pesquisar este blog

Loading...

quarta-feira, 26 de maio de 2010

** Uma história de adoção e amor.

Juliana se casou bem cedo,com seus 20 anos já era mãe.Gostava muito de crianças e desejava ter muitos filhos. O tempo foi passando, teve o segundo filho. Mas teve problemas com a gravidez e teve que optar pela laqueadura(quando cortam as trompas).Muito jovem ainda, o desejo de ser mãe continuou.
E no seu coração começou a nascer uma sementinha. Sentia que Deus tinha um propósito em sua vida. Então começou a visitar orfanatos, foi ao forum da Cidade e se cadastrou. Esperou por algum tempo, sempre a procura. Um dia finalmente teve em seus braços um lindo bebe, que daquele momento em diante seria seu filho.Que maravilhosa sensação de amor e reciprocidade, sentir aquele pequeno indefeso em seus braços, saber que seria protegido.Que seu futuro estaria garantido e que o amor seria suficiente para cria-lo.Mas na realidade, esse ato de adoção criou um vínculo tão forte que supera todos os preconceitos. E a batalha foi ganha...
Hoje esse bebe já é um homem formado, e diferente de todos os preconceitos,
trabalhador, estudioso, um filho carinhoso e presente.

Um presente de DEUS!!!

Um comentário:

  1. Amor sempre encontra um jeito de dar vazão...

    Fique com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir