"Ontem chorei, vi nos olhos de uma criança, um olhar sem amanhã."

* Mostrar a realidade

A minha intenção ao colocar estas postagens é de mostrar todos os problemas que envolvem as crianças abandonadas.
Tanto os problemas relacionados ao abandono, como também os traumas, as mentiras, os preconceitos. O que envolve os pais que abandonam, os pais que adotam e os filhos adotivos.
Quando se toma uma decisão de adotar é uma responsabilidade muito grande,pois se trata de um ser humano, e as marcas e recordações ficaram pra vida toda.

Pesquisar este blog

Loading...

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Uma criança recém-nascida foi encontrada abandonada dentro de uma casa vazia em Pindamonhangaba, a 145 km de São Paulo. O bebê foi localizado escondido embaixo de uma pia por vizinhos do imóvel.

A casa fica o bairro Vale das Acácias. O imóvel já estava alugado, mas ninguém morava no local. “A minha filha ouviu o choro e falou que tinha uma criança chorando. Aí o vizinho pulou o muro, eu pedi para chamar a policia, porque a gente não sabia do que se tratava”, contou a empregada doméstica Andréia Galvão.

A criança estava debaixo da pia, atrás de uma tábua. Dois sacos plásticos foram usados para escondê-la. Vizinhos se uniram para cuidar da menina, que foi chamada de Vitória.

“Eu peguei no colo e saí correndo para dar banho, esquentar. Ela estava com muito frio, tremendo, toda roxinha”, contou a empregada doméstica Marlene Rodrigues.

Os primeiros atendimentos foram feitos no pronto-socorro de Moreira César, onde a criança foi diagnosticada com hipotermia. A mãe da menina não foi encontrada.

3 comentários:

  1. A mãe biologica desta criança é um monstro, como pode abandonar a própria filho?!

    Fique com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. essa mulher se pode chama esse bixo disso deveria ser presa vagabumda eu tenho uma nene de 6 meses pasei sobre tudo s sobre todos para ter ela e um monstro desse mi a bomdona um anjo deses no mato como se sose lixo vagabunda

    ResponderExcluir
  3. enquanto eu quero ter um filho e n comsigo tem monstros como esse ai abandona o filho sou tayse de valinhos sao aulo

    ResponderExcluir