"Ontem chorei, vi nos olhos de uma criança, um olhar sem amanhã."

* Mostrar a realidade

A minha intenção ao colocar estas postagens é de mostrar todos os problemas que envolvem as crianças abandonadas.
Tanto os problemas relacionados ao abandono, como também os traumas, as mentiras, os preconceitos. O que envolve os pais que abandonam, os pais que adotam e os filhos adotivos.
Quando se toma uma decisão de adotar é uma responsabilidade muito grande,pois se trata de um ser humano, e as marcas e recordações ficaram pra vida toda.

Pesquisar este blog

Loading...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

* Famosos que foram adotados.

A lista de personalidades que não foram criadas por seus pais biológicos inclui nomes como Edgar Allan Poe, Gonzaguinha, Marilyn Monroe, Marcos Paulo e Milton Nascimento. Conheça a história de vida de alguns destes famoso:

Marilyn Monroe

Uma das maiores estrelas do cinema de todos os tempos, Norma Jean Baker – ou Marilyn Monroe – nasceu em 1º de junho de 1926 , em Los Angeles.
Filha da montadora de filmes Gladys Baker, que trabalhava nos estúdios RKO, a pequena Norma, que nunca soube quem era seu pai, viu sua vida mudar quando a mãe começou a apresentar problemas psicológicos.
Afastada do emprego, Gladys não tinha mais condições de cuidar da filha, e foi internada em uma instituição para pessoas com distúrbios mentais. Apesar de nunca ter sido adotada oficialmente, Marilyn passou grande parte de sua infância em lares adotivos e orfanatos, até ser acolhida por Grace McKee Goddard, uma amiga da mãe que deu a ela um lar.
Cinco anos depois, porém, o marido de Grace, Doc, foi transferido para a costa Leste. Como ele já tinha tentado manter relações sexuais com ela dentro de casa e a atriz não queria voltar para o orfanato, acabou casando-se aos 16 anos com Jimmy Dougherty, com quem namorava há seis meses.



Nicole Richie

Conhecida por estrelar o reality show “The Simple Life” ao lado da socialite Paris Hilton, Nicole Richie nasceu Nicole Camille Escovedo, em 21 de setembro de 1981.
Por causa do seu sobrenome, especula-se que ela seja filha biológica do percussionista Peter Michael Escovedo, que integrou a banda de Lionel Richie, seu pai adotivo. A informação, no entanto, sempre foi negada por ela.
Embora saiba quem é seu pai biológico, a atriz prefere não revelar seu nome. Sobre sua mãe, sabe-se apenas que trabalhou como assistente na turnê mundial de Richie de 1980, razão pela qual o cantor a conhece desde o nascimento.
Aos dois anos, Nicole foi viver com Richie e a então mulher, Brenda Harvey-Richie. Em 1990, foi oficialmente adotada pelo casal e passou a usar o sobrenome do cantor, que compôs a música "Ballerina Girl" especialmente para ela.


Leo Maia

A semelhança física e o vozeirão parecido com o do pai, Tim Maia, faz com que muitas pessoas nem imaginem que Leo Maia é filho adotivo do cantor.
Fruto de um outro relacionamento de Geisa Gomes da Silva, ex-mulher de Tim, Marcio Leonardo Maia fo i adotado pelo cantor assim que nasceu, e soube da verdade por acaso, aos 17 anos.
Tim nunca quis que o filho soubesse que era adotado e mesmo depois da descoberta evitava falar sobre o assunto com o garoto.
Quando Leo tinha 12 anos, sua mãe casou-se novamente, com um delegado de polícia. Apesar de ser muito próximo de Tim, Leo afeiçoou-se ao novo marido da mãe, e costuma dizer que teve a sorte de ter dois pais, embora não seja filho biológico de nenhum deles.

Marcos Paulo

Diretor de clássicos da teledramaturgia brasileira, como “Dancin’Days” e “Roque Santeiro”, Marcos Paulo também faz parte do time de famosos que não foram criados por seus pais biológicos.
O ator, que nasceu em 1º de março de 1951, não conheceu seu pai e perdeu a mãe durante o parto. Criado a princípio pela avó, tornou-se filho adotivo do autor de novelas Vicente Sesso, que morava perto da casa de sua família.
Responsável por sucessos como “Pigmalião 70”, “Sangue do Meu Sangue” e “Tereza Batista”, minissérie global baseada na obra de Jorge Amado, Sesso foi quem fez com que o diretor tomasse gosto pela vida artística.
Foi pelas mãos do pai que ele iniciou sua carreira. Aos 5 anos, Marcos fez uma participação em uma peça de teatro e visitava constantemente a TV Tupi, onde o pai trabalhava. Curiosamente, a namorada do ator, Ântonia Fontenelle, também é filha adotiva.

Milton Nascimento

Nascido no Rio de Janeiro em 26 de outubro de 1942, o cantor Milton Nascimento é filho biológico da empregada doméstica Maria do Carmo Nascimento, que morreu quando ele tinha pouco mais de um ano.
Mandado para Juiz de Fora para viver com a avó, o pequeno Milton passou a ficar adoentando com freqüência. Segundo o cantor, reflexo da saudade das pessoas com quem conviveu no Rio.
Certa tarde, a filha da patroa de sua mãe, Lília Silva Campos, sentiu que algo não ia bem com o menino e foi visitá-lo. Mesmo sendo solteira, a professora de música resolveu enfrentar os preconceitos adotar Milton.Pouco tempo depois, ela casou-se com Josino Brito Campos. Juntos, criaram o cantor e compositor na cidade mineira de Três Pontas, onde ele passou a infância e parte da adolescência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário