"Ontem chorei, vi nos olhos de uma criança, um olhar sem amanhã."

* Mostrar a realidade

A minha intenção ao colocar estas postagens é de mostrar todos os problemas que envolvem as crianças abandonadas.
Tanto os problemas relacionados ao abandono, como também os traumas, as mentiras, os preconceitos. O que envolve os pais que abandonam, os pais que adotam e os filhos adotivos.
Quando se toma uma decisão de adotar é uma responsabilidade muito grande,pois se trata de um ser humano, e as marcas e recordações ficaram pra vida toda.

Pesquisar este blog

Loading...

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Mais uma morte bárbara envolvendo uma criança

Mais uma morte bárbara envolvendo uma criança foi registrada em São Félix do Araguaia (1.200 km a Nordeste da Capital). Fabiana Ferreira Silva, de 23 anos, foi indiciada pelo crime de homicídio, suspeita de ser a responsável pela morte da própria filha, uma recém-nascida, que teria nascido no sábado (13) pela manhã, mas descoberta apenas no domingo (14), em uma caixa de papelão, na mata.

Conforme a Polícia, a mulher está presa na cadeia do município, aguardando o laudo do óbito que será concluído nos próximos dias, mas há indícios que comprovam que a mãe teria envolvimento na morte do bebê. A Polícia diz ainda que a criança foi encontrada muito suja de terra, e já com odor, aparentando ter sido enterrada, e que a mãe está aparentemente tranquila, apenas chorou ao relatar sobre o parto, realizado na mata, na Vila São Sebastião, distante a 30 quilômetros de São Félix do Araguaia, e próximo à residência da mulher. Ela mora com a mãe, o padrasto e o irmão, que não presenciaram o momento do parto.


A Polícia suspeita que uma outra pessoa teria participação no crime. O sobrinho do padrasto de Fabiana, identificado como Aldecides, ainda será ouvido, por suspostamente ter enterrado a recém-nascida no sábado à tarde, e depois tê-la desenterrado. Segunda a mulher, a criança nasceu viva, deu alguns suspiros, mas logo depois não apresentou nenhum sinal vital. Ela tem mais dois filhos, de pais diferentes, e teria procurado os suspostos pais, também dois, para comunicar sobre a gravidez, mas ninguém assumiu a criança, informou a polícia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário